Literatura

Onaviodeespelhos.com não está mais disponível aqui. Por favor, tente onaviodeespelhos-livraria.blogspot.com em vez disso.

 

Poesia Brasileira

A poesia brasileira é uma das manifestações maiores da cultura nacional. Reflexo da evolução histórica, cultural e social de nosso país, ela é também ponte de ligação entre as angústias existenciais das elites, e de nossos maiores intelectuais, e dos sentimentos do povo, de cada cidadão e de cada leitor, que se revê nos versos e nas imagens líricas criadas. Os maiores poemas constituem um patrimônio cultural insubstituível, para o Brasil e para a língua portuguesa.

Brasil Colônia e século XIX

José de Anchieta, Bento Teixeira e Gregório de Matos estão entre os grandes nomes da literatura que passaram à forma de verso uma forma de ver o mundo que era já brasileira. No século XIX, com a independência e a formação de um público leitor (suportado pelo desenvolvimento da tipografia e da educação alargada), surgem outros nomes como Gonçalves Dias, Castro Alves, Olavo Bilac, em meio às correntes romântica, realista, parnasianista e simbólica que descobriam novos caminhos literários e artísticos.

Século XX

O século anterior nos trouxe uma multiplicação de grandes gênios da poesia brasileira. No modernismo da primeira metade do século surgem nomes como Carlos Drummond de Andrade, Manuel Bandeira ou Oswald de Andrade. A ideia "pau-brasil", de Oswald, pretendeu criar uma literatura de "exportação", uma forma de ver o Brasil de dentro para fora, e não mais importando conteúdos. Com o pós-modernismo chegam a desconstrução e a fragmentação, arriscando novos modos de ver e sentir a realidade. Nomes como Cecília Meireles, Vinicius de Moraes e Henriqueta Lisboa se destacam.

Quanto à poesia do século XXI, o leitor é convidado a descobrir e também a se interrogar como Drummond de Andrade: e agora, José?